Exame gera impasse entre família e PBH

iG Minas Gerais |

Duas semanas após o adolescente Jarod Marcelino, 15, ter recebido alta depois de ficar internado com suspeita de ter contraído febre maculosa, a família do garoto ainda aguarda o resultado de um segundo exame de identificação da doença. O primeiro deu negativo.

“Ele foi feito no último dia 20 e o médico nos falou que o resultado sairia em 20 dias. Ainda estamos aguardando uma resposta. Atualmente, o Jarod passa bem”, disse a mãe Andréa Castanon.

A gerente de vigilância em saúde e informação da Secretaria Municipal de Saúde da capital, Maria Tereza da Costa Oliveira, informou que o segundo teste deu negativo. “A informação que recebemos foi essa e não temos conhecimento de nenhuma pessoa suspeita neste ano de 2015”, afirmou. (JC)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave