Café e soja do Estado terão queda significativa na produção

iG Minas Gerais |

Culturas tradicionais em Minas Gerais, como café, no Sul do Estado e soja, no Triângulo, sofrem com a falta de chuva e podem ter aumento de preço, segundo a coordenadora da assessoria técnica da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Aline Veloso. “A queda de produção já está colocada nesta safra. Quanto ao preço, ainda é cedo para afirmar, mas pode ser que ele suba”, afirma Aline.

A ausência de chuvas em setembro de 2014 acarretou em um plantio atrasado da soja. “O produtor teve que investir em tecnologia e adquirir variedades mais precoces de grãos. Porém, sem água, a planta não se desenvolve. Isso pode gerar preços maiores, mas também prejuízo para o agricultor”, pondera.

Aline lembra que não é apenas a produção menor que define os preços de commodities agrícolas. “Temos que considerar o mercado internacional, os outros elos da cadeia produtiva, mas a seca pode ter sua parcela de responsabilidade no aumento de preços”, conclui. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave