Seca afeta bairros da região da Pampulha

iG Minas Gerais |

A cada dia, moradores de mais bairros de Belo Horizonte sofrem com problemas no abastecimento de água. Desde o fim de semana, relatos de consumidores da região da Pampulha foram os mais frequentes nos canais de comunicação de O TEMPO. Há casos de interrupção do fornecimento no Bandeirantes, Jardim Paquetá, Castelo e Ouro Preto. Os moradores e comerciantes reclamam da falta de água e também da precariedade do atendimento ao cliente da Copasa.

A empresária Denise Novaes, 40, moradora do bairro Bandeirantes, diz que na rua Ferrara falta água desde a última sexta-feira. “Liguei várias vezes no setor de atendimento da Copasa e só falam em protocolos”, criticou.

No Jardim Paquetá, os problemas também começaram na sexta-feira, conforme o radialista Carlos Costa, 74. Além dele, moradores do Castelo e Ouro Preto também reclamaram que não há água na torneira.

Outro descontente é o empresário Pedro Andrade, 65. “Pelo telefone, não dizem nada com nada. Só informações desencontradas. Se já estamos em racionamento, por que não assumem logo?”, questiona.

Em nota, a Copasa admite falhas. “Devido a diversos problemas no macrossistema de água que abastece a região metropolitana, alguns bairros apresentam intermitências no abastecimento. A Copasa tomará as medidas necessárias”. (João Paulo Costa)

Participe pelo WhatsApp (31) 9827-4455 ou no site www.otempo.com.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave