Cruzeiro se assusta com valor imposto pelo Coxa por Leandro Almeida

Equipe paranaense aguarda contraproposta celeste para retomar tratativas; jogador possui aprovação do técnico Marcelo Oliveira

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Leandro Almeida chegou ao Coritiba em 2013 e tem contrato até 2016
CORITIBA/DIVULGAÇÃO
Leandro Almeida chegou ao Coritiba em 2013 e tem contrato até 2016

O Cruzeiro iniciou as conversas para a aquisição do zagueiro Leandro Almeida, mas se assustou com a pedida do Coritiba. De acordo com o diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes, os valores são considerados 'fora da realidade'.

Em contato com o SuperFC, o vice-presidente do Coritiba, Ernesto Pedrosa, não quis revelar as cifras da negociação, mas afirmou que 'não é nenhum valor que o Cruzeiro, na atual condição, seja incapaz de pagar'.

"O Leandro Almeida interessa ao Cruzeiro, mas ele é um jogador de nível internacional, nosso capitão. Ofertar, colocar preço, não ofende ninguém. Colocamos na mesa nossa proposta, mas agora estamos esperando a resposta deles", afirmou Ernesto.

O dirigente ainda disse à reportagem que novas tratativas deverão ser feitas nesta semana. "O Cruzeiro pediu um tempo para acertar estas questões dos dois jogadores negociados (Everton Ribeiro e Lucas SIlva). Estamos esperando uma contraproposta na terça ou na quarta-feira, e aí vamos seguir negociando, buscando o que é melhor para os dois clubes", destacou.

Um possível envolvimento de Dagoberto na transação também foi descartada pelo vice-presidente do Coxa. "Não tem nada disto. Ele (Dagoberto) foi oferecido para nós por seus representantes, mas o salário dele está fora da nossa realidade. O que nos foi oferecido era a compra do jogador", disse.

O Santos é outra equipe interessada na contratação de Leandro Almeida, mas a aquisição seria por empréstimo, algo totalmente fora do planejamento do Coritiba. O que poderia facilitar a transferência do defensor para o Cruzeiro, além da aprovação do técnico Marcelo Oliveira, seria as dificuldades financeiras pelas quais atravessa o clube paranaense. O Coxa possui 50% dos direitos econômicos de Leandro Almeida. 

Leia tudo sobre: futebol nacionalcruzeiroraposacampeonato brasileiro