Atingidos por um raio, tio e sobrinho morrem na Grande BH

Sepultamento aconteceu nesta segunda-feira, em Betim; tragédia foi em Esmeraldas, no sábado

iG Minas Gerais | José Augusto |

Corpo do adolescente e do tio são enterrados no cemitério da Cachoeira em Betim na Grande BH
Alex Douglas / O Tempo
Corpo do adolescente e do tio são enterrados no cemitério da Cachoeira em Betim na Grande BH

Dois moradores de Betim, na região metropolitana, foram sepultados nesta segunda-feira (26) no cemitério Parque do Cachoeira. Tio e sobrinho morreram no último sábado (24), após serem atingidos por um raio.

A fatalidade aconteceu na cidade vizinha de Esmeraldas. De acordo com um parente das vítimas, quatro amigos foram até o local à procura de pequi. No entanto, uma chuva forte começou, e o grupo foi atingido por um raio que caiu sobre a árvore onde estavam. "Eles estavam juntando as coisas para ir embora. Foi quando um raio caiu, resultando nessa tragédia", disse Alexandre Nazaré.

Carlos Batista da Conceição, 47, e o sobrinho Wallison Pereira de Souza, 15, morreram na hora. Já Cristiane Maria dos Santos, 36, e João Pedro Fernandes, 16, também foram atingidos, mas sobreviveram ao choque com ferimentos leves. "Foi um susto muito grande. Eu fiquei desacordada por alguns minutos, e o João Pedro perdeu os movimentos das pernas por alguns instantes. Quando acordei e vi as outras pessoas caídas corri para buscar socorro, mas demorou um pouco porque o local era de difícil acesso", disse Cristiane.

Ainda segundo Cristiane, ela e o primo, que também sobreviveu ao acidente, foram em busca de socorro no centro da cidade de Esmeraldas. No meio do caminho, eles encontraram um homem que acionou a polícia e a patrulha rural. "Enquanto ele ligava para a PM, eu fui até um posto médico. Enquanto registrávamos a ocorrência, outros raios caíram no local. Nos escondemos na viatura", contou. 

Leia tudo sobre: chuvaraioEsmeraldasBetim