Botafogo sonda Cruzeiro em busca de Dagoberto

Empresário desconhece interesse do clube carioca, mas virá a Belo Horizonte nos próximos dias para tentar solucionar impasse

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE CRUZEIRO X PALMEIRAS VALIDA PELA TRIGESIMA RODADA DO BRASILEIRAO SERIE A. NA FOTO: DAGOBERTO

FOTO: DENILTON DIAS / O TEMPO / 22.10.2014
DENILTON DIAS / O TEMPO
ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE CRUZEIRO X PALMEIRAS VALIDA PELA TRIGESIMA RODADA DO BRASILEIRAO SERIE A. NA FOTO: DAGOBERTO FOTO: DENILTON DIAS / O TEMPO / 22.10.2014

Desde o ano passado, o Botafogo tenta a contratação do atacante Dagoberto, um dos importantes jogadores do Cruzeiro nos últimos anos. Uma nova aproximação foi tentada nesse último fim de semana, mas o alto salário do jogador e a crise financeira vivida pelo clube de General Severiano impedem a concretização da transferência.

O contato foi feito pelo próprio técnico Renê Simões e também pelo diretor Antônio Lopes, atraídos pelo afastamento do jogador, que segue fora dos planos do técnico Marcelo Oliveira para a temporada 2015. A intenção seria viabilizar o empréstimo do atleta, com o clube carioca pagando metade dos vencimentos. No entanto, a proposta ainda seria acima do teto salarial da equipe, estimado em 50 mil reais. Dagoberto recebe aproximadamente R$ 150 mil mensais no Cruzeiro. 

Em contato com a reportagem do SuperFC, o empresário do atacante, Camargo Júnior, negou que tenha recebido qualquer oferta do Botafogo, e muito menos comunicado do interesse pelo Cruzeiro.

"Não estamos sabendo de nada. Meu cliente segue cumprindo seu papel de funcionário do clube, treinando à parte e esperando alguma definição do seu futuro. Recebemos sim algumas propostas, mas ele é um atleta que se preparou a vida toda para continuar competindo em alto nível mesmo depois dos 30 anos. Ele quer sim um projeto vitorioso", destaca Camargo Júnior.

O empresário virá a Belo Horizonte nos próximos dias para tentar solucionar a situação de Dagoberto. O Cruzeiro, por meio do supervisor Benecy Queiroz, deixou claro a intenção do clube em negociar o jogador. Aos 31 anos, ele poderia, inclusive, virar uma moeda de troca em futuras negociações do Cruzeiro, que busca reconstruir seu elenco após a saída de jogadores importantes. 

Em recente entrevista à TV Globo, o atacante disse que se sentia injustiçado após serviços prestados ao Cruzeiro. “Acho que essa é a palavra que eu sinto hoje (frustrante). E que dói. O relacionamento sempre foi muito tranquilo, nosso grupo é muito bom, sempre brincávamos muito, então não sei. Mas é a vida, tem coisas da vida que a gente não entende e o que mais existe no futebol é injustiça”, concluiu. 

Leia tudo sobre: futebol nacionalcruzeiroraposadagobertorené simõesantônio lopes