Saiba como ter uma alimentação mais completa e equilibrada

Data é comemorada nesta segunda-feira (26) e compartilhamos algumas dicas para ajudar a alimentação moderada, evitando o sobrepeso e a obesidade

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Esclareça suas dúvidas e não caia em armadilhas
Reprodução
Esclareça suas dúvidas e não caia em armadilhas

Nesta segunda-feira (26) é comemorado o "Dia da Gula". Quem nunca cometeu este pecado capital que atire a primeira pedra. O hábito precisa ser dosado para não levar as pessoas ao sobrepeso e, em casos mais graves, à obesidade.

Apontada pelos médicos e especialistas como um problema de saúde pública mundial, a obesidade pode trazer altos riscos à saúde e estima-se que dentro de duas décadas mais da metade dos adultos do planeta deve apresentar algum sobrepeso.

De acordo com pesquisadores, a genética contribui com menos de 10% dos casos de obesidade e as doenças endócrinas (como hipotireoidismo e problemas no hipotálamo) representam menos de 1% dos casos de excesso de peso.

Dados divulgados recentemente pelo Ministério da Saúde apontam que o consumo de frutas e hortaliças está sendo deixado de lado por uma boa parte dos brasileiros. Apenas 22,7% da população ingerem a porção diária recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de cinco ou mais porções ao dia.

Já o consumo de gordura saturada é excessivo, com o abuso da ingestão de alimentos gordurosos, refrigerantes e açúcar. De acordo com o estudo, 31,5% da população não dispensam a carne gordurosa, mais da metade (53,8%) consomem leite integral regularmente e um quarto (26%) dos brasileiros tomam refrigerantes ao menos cinco vezes por semana.

Para não contribuir com as armadilhas do vilão da obesidade, confira dez dicas para uma alimentação saudável e que ainda pode auxiliar na perda de peso.

1. Fuja de uma alimentação baseada em um único tipo de alimento ou nutriente. 2. Faça, pelo menos, cinco refeições por dia, sendo três principais (café da manhã, almoço e jantar) e pequenos lanches entre essas refeições, priorizando frutas, barrinhas de cereais, bolacha integral, iogurtes e sucos lights. 3. Evite snacks ricos em calorias  como salgadinhos e bolachas recheadas, opte por sementes oleaginosas, barras de cereais e frutas secas. 4. Se tiver vontade de comer um doce, experimente comer uma fruta assada com canela e cacau em pó. 5. Comece sempre a refeição com um caprichado prato de saladas e evite o uso de óleos para temperá-la. Utilize azeite (um fio apenas), vinagre ou suco de limão, muito mais saudável! 6. Troque os cereais refinados pelos integrais, substitua o pão branco pelo pão integral, o biscoito comum e recheados pelos cookies integrais, o arroz branco pelo arroz integral, inclua aveia, quinoa e amaranto na alimentação diária. 7. Evite refrigerantes, mesmo os light ou diet, e água gaseificada também, pois dilatam o estômago dando uma falsa sensação de saciedade. 8. Prefira sucos naturais e beba bastante água durante o dia, sendo no mínimo, 1,5 litros. 9. Consuma variedades de frutas, verduras e legumes de preferência orgânicos – esses alimentos possuem em sua composição fibras, vitamina, minerais e antioxidantes. Que são fundamentais para o bom funcionamento do organismo, bem como atuam na prevenção do aparecimento de doenças e retardo do envelhecimento precoce da pele. 10. Não se preocupe só com as calorias da dieta – muitas pessoas ficam preocupadas com a quantidade de calorias que estão consumindo. Mais importante que contar calorias é preocupar-se com a qualidade da alimentação.

Leia tudo sobre: Dia da Guladietasaudávelobesidadesobrepesodicasorientaçõescomida