Blatter diz que Uefa não tem coragem para enfrentá-lo em eleição

"Todos aqueles que desejam se livrar de mim deveriam participar", disse o dirigente, que tenta o quinto mandato

iG Minas Gerais | Folhapress |

Blatter está na FIFA desde 1998 e quer o quinto mandato
FIFA/ Divulgação
Blatter está na FIFA desde 1998 e quer o quinto mandato

 O presidente da Fifa, Joseph Blatter, acusou a UEFA de não ter coragem para lançar um candidato para enfrentá-lo na próxima eleição da entidade, marcada para maio.

A declaração do dirigente suíço, de 78 anos, foi dada em uma entrevista para o programa World Sport, do canal CNN.

Candidato a um quinto termo como presidente da Fifa, Blatter afirmou que atende a um pedido das federações para participar do pleito.

"Fui convidado pelas associações nacionais a ser nosso candidato novamente porque ninguém que é forte estava interessado".

"Todos aqueles que desejam se livrar de mim deveriam participar. Toda a oposição atual, é uma pena ter que dizer - mas é verdade -, vem de Nyon, da Uefa. Eles não têm a coragem de participar. Então me deixem continuar, sejam respeitosos", disse o atual mandatário.

Presidente da Uefa, Michel Platini descartou a chance de enfrentar Blatter pelo comando da Fifa. Além de Blatter, os demais candidatos a presidência da Fifa são o ex-executivo da entidade Jerome Champagne, o príncipe Ali Bin Hussein, da Jordânia, e o ex-jogador David Ginola.

Leia tudo sobre: blatterfifauefamandatoeleição