População já pode acompanhar níveis dos reservatórios de água

Site traz dados sobre o nível de água do Sistema Paraopeba, gráficos e até tirar dúvidas sobre como reduzir o consumo

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Site também pode ser acessado pela página tradicional da companhia de abastecimento
REPRODUÇÃO / COPASATRANSPARENTE.COM.BR
Site também pode ser acessado pela página tradicional da companhia de abastecimento

Já está disponível na internet uma página para acompanhamento dos níveis dos reservatórios que abastecem Belo Horizonte e região metropolitana. A população pode acessar as informações a partir desta segunda-feira (26) no site da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). 

Para visualizar a página, basta acessar www.copasatransparente.com.br e clicar em Nível da Água nos Reservatórios, no lado direito da página. A última atualização aponta que o Sistema Paraopeba, formado por três reservatórios, está atualmente com com um volume total de 30,03%. 

O reservatório Rio Manso, que detém o nível mais alto, está no momento com 44,78% de sua capacidade. Já o Vargem das Flores apresenta 27,72%. O reservatório em estado mais crítico, Serra Azul, tem nesta segunda-feira 5,80% de sua capacidade. A página ainda divulga a vazão do rio das Velhas, que, neste domingo (25) vazava 29,28m³/s. 

FOTO: COPASA / DIVULGAÇÃO Gráfico compara os reservatórios em janeiro dos últimos três meses

O site ainda traz gráficos que comparam a situação do sistema de captação em janeiro deste ano e de 2014 e 2013, bem como as medições mensais dos três reservatórios entre os últimos dois anos.

FOTO: COPASA / DIVULGAÇÃO gráfico copasa Este outro gráfico apresenta medições mensais do Sistema Paraopeba

A página conta também com uma parte destinada à perguntas da população e que traz dicas sobre como evitar o desperdício e economizar água. Além disso, na página inicial também são divulgados avisos de manutenção e interrupção do fornecimento em todo o Estado. 

Na última quinta-feira (22), durante coletiva de imprensa, a Copasa admitiu pela primeira vez o estado crítico dos reservatórios mineiros e pediu que a população reduzisse em 30% o consumo da água. Este foi o primeiro passo para decretar o racionamento, que pode ser adotado em breve caso os níveis não aumentem.

Reunião com prefeitos

Ainda na manhã desta segunda-feira, o governador Fernando Pimentel se reúne com prefeitos de 34 municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, para discutir o abastecimento de água na região. A presidente da Copasa, Sinara Meireles, o secretário de Governo, Odair Cunha, o secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, e o secretário de Planejamento, Helvécio Magalhães, também estarão presentes.

Após a reunião, haverá uma coletiva de imprensa para expor o teor do encontro.