Madrugada regada a bebedeira e drogas termina com um morto em BH

Suspeito teria ligado para a família e confessado o crime, no entanto, em seguida apontou uma outra pessoa como autora do crime

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 42 anos foi assassinado durante uma festa regada a drogas e bebidas, na madrugada desta segunda-feira (26), no bairro Minas Caixa, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. O suspeito do crime é o dono da casa onde acontecia o evento.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o corpo de Paulo Marques Gonçalves Rosa foi encontrado no imóvel localizado Wilson Abrão Abdo depois que a família do suspeito compareceu no local do crime.

Momentos antes, o homem de 35 anos teria dito aos familiares que precisava de dinheiro para fugir já que tinha feito “uma besteira” e assassinado um homem. A princípio, eles não acreditaram, uma vez que o agressor sempre pedia dinheiro para comprar drogas. Diante da insistência, um dos parentes entregou R$ 10 ao agressor e, em seguida, foram até a casa dele.

Lá, encontraram Rosa com várias lesões pelo corpo. O suspeito foi preso e, no início da manhã, apontou um segundo homem como o assassino. Esse, por sua vez, negou. O homem que teria confessado o crime para a família foi encaminhado à Central de Flagrantes I (Ceflan).  

Leia tudo sobre: venda novabebedeiradrogashomicídio