Capitão da seleção de handebol compara Brasil a Corinthians

Jogador disse que Timão "demorou a ganhar a Libertadores [em 2012], mas aprendeu a jogar e ganhou"

iG Minas Gerais | Folhapress |

Brasil mais uma vez bateu na trave e ficou fora das oitavas por um gol
CBHB/divulgação
Brasil mais uma vez bateu na trave e ficou fora das oitavas por um gol

O capitão da seleção masculina de handebol, Fernando Pacheco, o Zeba, comparou a eliminação do Brasil em mundiais ao Corinthians na Libertadores.

"O Corinthians demorou a ganhar a Libertadores [em 2012], mas aprendeu a jogar e ganhou", comparou o armador de 31, após a eliminação em seu quinto mundial.

O Brasil perdeu neste domingo (25), para a Croácia por 26 a 25. Foi a segunda vez consecutiva que a seleção é desclassificada pelo diferença mínima de um gol e na mesma fase do torneio. O país nunca chegou às quartas de final.

"Estamos aprendendo a jogar com esse tipo de equipe de ponta", disse Zeba.

A Croácia já foi campeã do mundo em 2009 e é a atual terceira colocada, além de colecionar mais três vices em mundiais e dois ouros olímpicos.

"Tenho certeza que a próxima geração vai passar de fase", afirmou o capitão da equipe, que planeja se aposentar após a Olimpíada do Rio, em 2006. Ou seja, não deve jogar o Mundial de 2017, na França.

"[Os armadores] João e Zé mostraram que a renovação está sendo bem feita. Nesse um ano e meio até a Olimpíada tudo pode acontecer", concluiu Zeba, que é torcedor do Fluminense.

Leia tudo sobre: handebolbrasilzebaseleção brasileiramundialdohaderrotaoitavas