BH registra taxa da inflação acima da média, segundo FGV

Capital mineira teve alta de 0,37 ponto percentual, de acordo com Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S); outras seis capitais também registram alta

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

undefined

Seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) registraram maior avanço da taxa da inflação, de acordo com Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S). Belo Horizonte aparece que alta de 0,37, ao passar de 1,2% para 1,57% ponto percentual, acima da média nacional que é de 0,23 ponto percentual.

O maior avanço da taxa de inflação foi registrado em São Paulo: 0,53 ponto percentual, ao passar de 1,4% na segunda semana para 1,93% na terceira semana. A pesquisa foi realizada entre a segunda e a terceira semanas de janeiro. 

As demais cidades tiveram as seguintes altas: Salvador (0,22 ponto percentual, ao passar de 0,94% para 1,16%), Recife (0,17 ponto percentual, ao passar de 0,97% para 1,14%), Rio de Janeiro (0,06 ponto percentual, ao passar de 1,68% para 1,74%) e Brasília (0,01 ponto percentual, ao passar de 0,87% para 0,88%).

A única capital com queda na taxa de inflação entre a segunda e a terceira semanas de janeiro foi Porto Alegre (0,02 ponto percentual, ao passar de 1,2% para 1,18%). A inflação nacional ficou em 1,51% na terceira semana de janeiro, ou seja, 0,23 ponto percentual acima da semana anterior.