Seca no Cantareira tem piora

iG Minas Gerais |

São Paulo. Pelo 14° dia consecutivo, a capacidade do principal sistema de abastecimento da região metropolitana de São Paulo, o Cantareira, registrou queda. O nível dos demais sistemas permaneceu estável – Alto Tietê e Alto de Cotia – ou subiu (Guarapiranga, Rio Grande e Rio Claro).

De acordo com o boletim divulgado pela Sabesp, o nível do Cantareira baixou 0,1 ponto percentual em relação ao índice do dia anterior e operava com 5,1% de sua capacidade nesse domingo (25).

O sistema, que abastece 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo, registrou no dia 11 de janeiro 6,6% de capacidade – que já inclui a segunda cota do volume morto (água do fundo do reservatório que não era contabilizada).

A capacidade do sistema só cai. Até agora, o manancial acumula 96,1 mm de água -o que equivale a 35,45% da média histórica para janeiro (271,1 mm).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave