Boca de urna aponta ampla vitória da esquerda radical na Grécia

A vitória do Syriza pode representar um novo rumo das relações na Europa

iG Minas Gerais | Folhapress |

Pesquisa de boca de urna divulgada pela mídia grega aponta vitória do partido de esquerda radical Syriza nas eleições deste domingo (25) no país, com votação entre 35% e 39%.

Se a estimativa for confirmada na apuração oficial, o partido conseguirá o mínimo necessário de 151 cadeiras no Parlamento para assumir o governo sem precisar negociar uma coalizão com legendas menores. De acordo com a pesquisa, a legenda teria no mínimo 158 lugares garantidos, o suficiente para indicar seu líder, Alexis Tsipras, como primeiro-ministro da Grécia. O partido de centro-direita Nova Democracia, do premiê Antonis Samaras, teria obtido de 24% a 27% dos votos dos eleitores gregos, segundo a boca de urna. Os primeiros resultados oficiais começam a ser divulgados às 21h do horário local (17h no horário de Brasília). A vitória do Syriza pode representar um novo rumo das relações na Europa. O partido é contra as medidas de austeridade fiscal negociadas pelo governo grego para receber, após a crise de 2010, € 245 bilhões do FMI e do BCE. A Grécia deu sinais de que saiu da recessão em 2014, mas tem uma taxa de desemprego de 25%, a maior da Europa, sendo que entre os jovens esse percentual sobe para 60%. A dívida pública é de 175% do PIB. Ao todo, 9,8 milhões de gregos estavam aptos para ir às urnas neste domingo.

Leia tudo sobre: GRéciaseleiçõesEuropaeconomia