Pelo menos 41 pessoas morreram afogadas em Minas neste ano

No ano passado, no mês de janeiro inteiro, foram registradas 66 mortes

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Pelo menos 41 pessoas morreram afogadas nesses 25 dias de janeiro, segundo balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, neste domingo (25). No ano passado, no mês de janeiro inteiro, foram registradas 66 mortes.

Duas pessoas que caíram em rios ainda estão sendo procuradas. Neste domingo, mergulhadores retomaram as buscas por um homem de 37 anos que desapareceu no rio Cipó, neste sábado (24), por volta das 15h30. Testemunhas contaram que ele submergiu no rio e não voltou a superfície.

Um outro homem de 38 anos, também está sendo procurado pelos bombeiros depois que desapareceu no Porto de Taquara, em Paraopeba, na região Central de Minas Gerais. Ele desapareceu no local na última quinta-feira (22) por volta das 16h30.

As outras 38 vítimas foram encontradas mortas entre os dias 10 e 24 deste mês. Dos mortos, quatro era adolescentes com menos de 18 anos e um idoso de 61 anos. Um dos casos mais graves foi dos irmãos de 34 e 35 anos que entraram no rio Pandeiros em Januária, no Norte de Minas, para tentar salvar o sobrinho de 4 anos, no entanto os dois morreram. Salvo Um adolescente de 14 anos foi salvo pelos bombeiros, no último dia (13) depois que ele se afogou em um rio de Três Corações, no Sul de Minas, por volta de 19h. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave