Queridinha de verão

Adivinha quem está de volta? As handchains! As pulseiras com jeito indiano são o mais novo tem-que-ter da estação

iG Minas Gerais | Lorena K. Martins |

Combine a handchain com outros acessórios como sugere Raquel Braga
Luíza FerraZ/divulgaçao
Combine a handchain com outros acessórios como sugere Raquel Braga

Em uma busca rápida pela internet, é possível detectar que a pulseira de mão ligada ao anel por uma corrente, com origem na cultura indiana, está de volta. Ela é vista pipocando nos sites de compras – com muitos modelos esgotados, inclusive – e nas fotos de street style internacionais. O acessório fez muito sucesso na época da novela global “O Clone”, usado pela personagem Jade, lembra? Há 14 anos, todo mundo tinha, afinal, era a moda da novela. Mas agora, para dar um upgrade na estação mais quente do ano, o acessório se renovou: está mais descolado e mais delicado também, podendo ser usado em qualquer ocasião. E pra entrar de cabeça no fashion, ganhou novos nomes: slave bracelets, pulseira escrava ou handchain – esse último foi para “combinar” com o bodychain, o colar que cobre o corpo e virou trend principalmente na praia.

Aliás, usar acessório no mar tem sido mais comum do que fora dele. Estão aí para provar Rihanna, Vanessa Hudgens e Beyoncé, que andam sendo fotografadas exibindo o corpão, geralmente coberto por colares, pulseiras, hand e bodychains. Nos festivais de música, como o Coachella, na Califórnia, em que a moda com pegada boho, meio hippie-chic, é a que comanda uma imensidão de fashionistas, acessórios como estes são frequentemente vistos.

Feito pro calor

Em sua coleção de verão 2015, a designer Raquel Braga criou versões de handchains inspiradas na cultura indiana. A ideia, segundo ela, é justamente fazer com que o acessório seja destaque na produção, uma vez que as altas temperaturas não permitem grandes investimentos nas peças. “Ele traz movimento e leveza ao mesmo tempo e chama a atenção totalmente para as mãos. Podem ser simples com ouro, brilhante, com correntes mais finas... Vai de acordo com o que você gosta”, explica.

Recentemente, a handchain caiu ainda mais nos holofotes da moda, já que a top Gisele Bündchen exibiu um modelo de ouro feito pela designer Carol Keutenedjian, do ateliê de joias Epiphanie. Chamado de “pulseira teia”, o modelo tem correntes finíssimas e cobre a mão de forma delicada. Já a atriz Jennifer Aniston usou um conjunto de blazer e calça e deixou que o bodychain fosse o protagonista do look, de uma forma “sexy sem ser vulgar”.

“O bodychain não é mais feito para ser necessariamente usado na praia. Pode ser colocado por cima do vestido ou com uma camisa aberta, por exemplo. O mesmo é permitido com a pulseira de mão, que pode ser usada em qualquer situação. Pode ousar mais no acessório e combinar com um look mais despojado”, aconselha a designer.

Outro acessório inusitado que ensaia seu retorno é a tornozeleira. Diferentemente daquela fininha e delicada, vendida no calçadão da praia, com ar de surfista, a sua versão de 2015 é mais urbana e “pesada”, como trouxeram os desfiles da Movimento, da Forum e da Animale. Inspirações pra atualizar seu arsenal de peças para o verão você confere a seguir.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave