Exercício artístico

No ar na novela “Chiquititas”, Naiumi Goldoni comemora multiplicidade de suapersonagem no folhetim

iG Minas Gerais | raquel rodrigues tv press |

Desenvolvimento. Para Naiumi Goldoni, elementos musicais da novela ajudam as crianças
Bruna Ferreira Mathias
Desenvolvimento. Para Naiumi Goldoni, elementos musicais da novela ajudam as crianças

Para Naiumi Goldoni, viver a Gabriela de “Chiquititas” é um grande exercício em sua carreira artística. Afinal, ela dá vida a uma personagem que passou por várias fases ao longo da trama infantojuvenil exibida pelo SBT. Por isso, em cena, a atriz precisou desenvolver posturas diferentes para cada situação de sua personagem no folhetim.

Na história, Gabriela começou com uma depressão profunda, não falava e precisava de ajuda para tudo. Toda a movimentação e atuação de Naiumi tinham de ser sutis. Após certo período, uma virada trouxe uma Gabriela sã, embora estivesse com a memória afetada. Atualmente, a personagem se aproxima, cada vez mais, de descobrir que é a mãe de Mili, personagem de Giovanna Grigio. “Estou sempre pronta para as mudanças que vêm no roteiro. É uma novela que possui a pureza infantil e, mesmo assim, envolve os adultos”, relata a atriz.

Desde 2013, Naiumi Goldoni convive com o elenco infantil do folhetim. A atriz considera que estar perto desses novos atores, ainda começando a carreira, pode gerar grande aprendizado para os adultos também. “Trabalhar com as crianças é uma delícia. Ver o crescimento delas foi bacana nesses dois anos e com elas não tem tempo ruim”, derrete-se.

Em “Chiquititas”, a história se mistura com as canções exibidas durante os capítulos. Para a atriz, ter elementos musicais, que estimulem quem assiste à novela, é um fator importante no desenvolvimento infantil. “As músicas têm a ver com o universo da trama. Assim, fica mais fácil para a criança entrar no mundo de fantasia que o folhetim oferece”, explica.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave