Sada Cruzeiro-Unifemm estreia com vitória na Superliga B

Próximo compromisso do time mineiro é contra o Santo André-Diário, no interior de São Paulo, no sábado, dia 31

iG Minas Gerais | LITZA MATTOS |

Esportes - Do dia - Sete Lagoas - MG
Primeiro jogo de volei do campeonato da Superliga B entre Sada Unifemm e Foz do Iguacu Volei no ginasio da Unifemm em Sete Lagoas 

FOTO: MARIELA GUIMARAES / O TEMPO 24.1.2015
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Esportes - Do dia - Sete Lagoas - MG Primeiro jogo de volei do campeonato da Superliga B entre Sada Unifemm e Foz do Iguacu Volei no ginasio da Unifemm em Sete Lagoas FOTO: MARIELA GUIMARAES / O TEMPO 24.1.2015

Os jovens talentos das categorias de base do Sada Cruzeiro-Unifemm enfrentaram, neste sábado, o primeiro desafio na Superliga B. Contando com o fundamental apoio da torcida, que foi ao ginásio do Unifemm, em Sete Lagoas, mesmo sob forte chuva, o time celeste conseguiu vencer na estreia contra o Foz do Iguaçu Voleibol por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/22, 23/25 e 25/23.

O jogo. Vindos de uma série de amistosos vitoriosos, o time celeste não demonstrou ansiedade na primeira partida, que foi disputadíssima do início ao fim. Contando com o apoio da torcida, no primeiro set, o Sada Unifemm ficou a maior parte do jogo à frente no placar. No final, os times alternaram em um rally emocionante, até o Sada conseguir fechar e reverter o placar, ganhando o set por 25 a 21, com 27 minutos.

O segundo set começou desastroso para o time celeste. Perdendo por 3 a 0, a equipe teve que se concentrar, até Eder Levi conseguiu abrir o placar para os mineiros. Mesmo o time encontrando algumas dificuldades em ultrapassar o bloqueio adversário, os pontos de ataque foram saindo e levando a torcida ao delírio: 25 a 22.

Na terceira etapa, o time voltou marcando logo no início, mas o rival conseguiu ultrapassar a equipe celeste no placar – 6 a 4. A partir desse momento, o líbero celeste Vanderson se destacou com belas defesas, contribuindo para o time da casa colar no placar.

O Foz do Iguaçu Voleibol passou a acertar mais e abriu uma diferença no marcador de três pontos, até que, aos 22 min do set, com 20 a 17 para o time adversário, uma queda de energia interrompeu a partida por cerca de 37 minutos. Quando o jogo recomeçou, os ataques do time de branco continuavam certeiros e o Sada não conseguiu segurar.

O Sada Unifemm voltou mais ligado para a quarta etapa abrindo 5 pontos, com 7 a 2. Abusando da força do seu bloqueio e dos ataques de Julian, o time paranaense chegou a diminuir a vantagem celeste, encostando em 17 a 17, e depois fazendo 21 a 21. Os minutos finais foram eletrizantes e, após os adversários conseguirem a virada no placar, o time celeste conseguiu fechar a partida em 25 a 23.

Próximo jogo. Depois do duelo em casa, os comandados de Henrique Furtado irão enfrentar o Santo André-Diário, no interior de São Paulo, no próximo sábado, dia 31, em partida válida pela segunda rodada da competição nacional.

Leia tudo sobre: sada unifemmvenceestreiasuperliga bsete lagoasvolei