Três problemas para resolver

Trio de titulares ficará sem contrato no meio do ano, e diretoria corre para tentar uma solução

iG Minas Gerais | Fernando Almeida |

Rafael Carioca. Vínculo. Com contrato até agosto deste ano, o volante já afirmou que deseja ficar na Cidade do Galo por mais tempo. Em seu acordo com o clube alvinegro há uma cláusula dando ao Atlético preferência em uma possível compra – valores não foram divulgados. Tem vínculo com o Spartak Moscou-RUS até 2017.
MOISÉS SILVA – 13.8.2014
Rafael Carioca. Vínculo. Com contrato até agosto deste ano, o volante já afirmou que deseja ficar na Cidade do Galo por mais tempo. Em seu acordo com o clube alvinegro há uma cláusula dando ao Atlético preferência em uma possível compra – valores não foram divulgados. Tem vínculo com o Spartak Moscou-RUS até 2017.

A diretoria do Atlético trabalha em duas frentes nos bastidores do mercado do futebol em 2015. Uma delas, encarada com cautela e muito estudo pelo presidente Daniel Nepomuceno e pelo diretor de futebol Eduardo Maluf, refere-se à contratação de um reforço de peso para substituir Diego Tardelli. A cúpula alvinegra entende que apenas uma contratação “fora de série” seria o bastante para agradar o técnico Levir Culpi e a torcida, principalmente diante das boas peças de reposição presentes atualmente no grupo principal do time alvinegro. E é com base nisso que aparece a outra preocupação da diretoria alvinegra, que requer planejamento e diplomacia para garantir que a espinha dorsal do time não seja quebrada no segundo semestre deste ano, quando o Galo defenderá o título da Copa do Brasil. O lateral-esquerdo Douglas Santos, o volante Rafael Carioca e o meia Dátolo terão seus contratos encerrados em agosto desta temporada, e os dirigentes atleticanos já começam a orquestrar as ações que terão de ser feitas para manter o trio. Douglas Santos chegou ao Galo em agosto de 2014 por empréstimo de um ano com a Udinese-ITA e não demorou para o técnico Levir Culpi perceber que o garoto de 20 anos poderia arrumar de vez a lateral esquerda da equipe. Caiu no gosto do treinador e da torcida e já começa 2015 com uma boa parceria com Carlos no setor do campo. Rafael Carioca também chegou à Cidade do Galo em agosto do ano passado por empréstimo de um ano junto ao Spartak Moscou-RUS e atingiu a titularidade rapidamente. Uma grave lesão, porém, o afastou dos gramados por dois meses, tirando o ritmo do meio-campista, que voltou e retomou a posição entre os 11 principais do Atlético. Já Dátolo lutou para conseguir uma vaga no meio-campo, posição na qual se firmou e foi fundamental para a conquista da Copa do Brasil de 2014, com gols contra Flamengo e Cruzeiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave