A Fase Rosa busca direcionar a carreira para festivais de música

Banda mineira se apresenta pelo festival Furor hoje, com repertório de “Leveza”, no Mercado do Cruzeiro

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Grupo lançou o segundo disco de estúdio no fim do ano passado
Tiago Nunes / Divulgação
Grupo lançou o segundo disco de estúdio no fim do ano passado

No fim do ano passado, os mineiros da banda A Fase Rosa lançaram o segundo trabalho de estúdio, “Leveza”. O disco guia a maior parte do repertório da apresentação que eles farão hoje, no Mercado Distrital do Cruzeiro, como parte do festival Furor, e representa uma nova etapa na trajetória do grupo.

Formada em 2009, a banda galgou seu espaço no cenário do Estado e em outras capitais do Brasil apresentando um trabalho autoral e produzindo os próprios shows. Agora, é a vez de atingir o público de uma outra forma. “Esse convite para participar do Furor veio em um momento muito propício, pois é nossa intenção diminuir as autoproduções e aumentar nossa participação em festivais grandes, que dialoguem com nossas estética musical”, comenta o guitarrista e vocalista Thales Silva.

O posicionamento é, de certa forma, consequência do amadurecimento da banda. “Acho que chegamos a um momento de diminuir um pouco a quantidade de shows, pois, em média para um banda independente, nós fazemos muitas apresentações. Queremos filtrar um pouco mais para conseguir estabelecer um diálogo melhor e valorizar nosso público”, relata Silva.

Por outro lado, o que continua no mesmo caminho é a intenção de transcrever a brasilidade em suas canções. Seja no conteúdo, seja nas harmonias, as músicas de “Leveza” expiram influências nacionais.

Exemplifica bem essa alegação a faixa “Praia”, cuja letra refere-se ao movimento social Praia da Estação. “Ao vivo, essa é a música que, disparada, tem a melhor resposta do público. Mas ‘Paraíba’ e ‘Vadiar’ também funcionam muito bem”, opina o vocalista. “Acho que é porque tem um ritmo mais acelerado e festivo”, completa.

Além dessas músicas, estarão presentes no show composições do primeiro disco, “Homens Lentos”, como “Desmancha” e “Lourdes e Leblon”, além de “Dona da Minha Cabeça”, de Geraldo Azevedo.

A performance marca também a primeira apresentação com a presença de um novo baterista: Tiago Eiras substitui pelos próximos seis meses Fernando “Feijão” Monteiro, que está estudando fora do país. No mesmo dia também se apresentam Gustavo Maguá e DJ Cafa Sorridente.

Agenda

O quê. Show A Fase Rosa

Quando. Hoje, às 21h

Onde. Mercado Distrital do Cruzeiro (rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro).

Quanto. A partir de R$ 25. Compra www.sympla.com.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave