Muricy melhora, mas técnico não tem previsão de alta

Por conta da internação, o treinador deixou de viajar com a delegação do São Paulo para Manaus, onde o time disputará dois amistosos

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Para Muricy Ramalho, São Paulo não merecia tanto a classificação para a final
RUBENS CHIRI/ SAOPAULOFC.NET
Para Muricy Ramalho, São Paulo não merecia tanto a classificação para a final

 Internado no Hospital São Luiz, em São Paulo, desde quinta-feira (22), com um quadro de diverticulite (inflamação no intestino grosso), o técnico Muricy Ramalho, 59, teve melhora em seu estado de saúde, segundo boletim médico divulgado nesta sexta-feira (23) à tarde. Contudo, segundo o hospital, ainda não há previsão de alta do treinador do São Paulo.

"O Hospital São Luiz Morumbi informa que o técnico do São Paulo Futebol Clube, Muricy Ramalho, continua internado e apresenta boa evolução. O paciente está sob os cuidados do médico-cirurgião Alexander Morrel. Até o momento não há previsão de alta", diz o boletim divulgado pelo hospital.

Por conta da internação, Muricy deixou de viajar com a delegação do São Paulo para Manaus, onde o time disputará dois amistosos -Vasco, na sexta (23), e Flamengo, no domingo (25). Quem vai comandar o time nesses compromissos é o coordenador técnico Milton Cruz.

O técnico do São Paulo já havia sido internado com um quadro de diverticulite em abril de 2013, quando dirigia o Santos. Na oportunidade, chegou a dizer que pensava em abreviar sua carreira para evitar problemas de saúde mais sérios.

Em 2011, também ficou internado após ter uma crise de hérnia. Ele ficou fora de algumas partidas do Santos e foi substituído pelo auxiliar técnico Tata.

No ano passado, Muricy foi diagnosticado com uma arritmia após sentir um mal-estar durante um treino do São Paulo e chegou a ser internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital São Luiz.

Leia tudo sobre: muricy ramalhosao paulointernadohospitalamistososmanaus