Red Bull oferece recompensa para encontrar ladrões de troféus

A escuderia vai pagar R$40 mil para quem tiver informações sobre os responsáveis por levar 60 taças em dezembro de 2014

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

As taças ficavam expostas na entrada principal das instalações da equipe em Milton Keys
Divulgação/ Red Bull
As taças ficavam expostas na entrada principal das instalações da equipe em Milton Keys

A escuderia de Fórmula 1 Red Bull está oferecendo uma recompensa de 10 mil libras (o equivalente a quase R$ 40 mil) para quem tiver informações que ajudem a polícia inglesa a identificar os ladrões que roubaram cerca de 60 troféus de sua sede no início de dezembro.

Imagens do circuito interno de segurança da fábrica do time, em Milton Keynes, mostram o momento em que o carro dos bandidos quebrou a parede de vidro e roubou as taças, que ficavam expostas logo na entrada do local.

Cerca de 20 troféus foram recuperados no fim do mês passado em um lago não muito distante da sede da Red Bull.

De acordo com a polícia, a resposta pelo oferecimento da recompensa tem sido bastante positiva até agora.

Um porta-voz da polícia de Thames Valley, onde foi registrada a ocorrência, disse que desde que a recompensa foi revelada, ao menos 12 pessoas já ligaram para fornecer informações sobre os bandidos.

Ainda segundo os policiais, seis homens participaram do roubo, que aconteceu durante a madrugada.

O grupo usou dois carros para invadir a fábrica da tetracampeã mundial de F-1 e ambos teriam placas de outros países.

As taças dos Mundiais de Construtores e de Pilotos, conquistados por Sebastian Vettel, não foram roubadas pois não estavam expostas no local.