Bairros da Grande São Paulo ainda sofrem com falta de água

Segundo a companhia, o fornecimento de energia na estação João 23, que atende a cerca de 640 mil clientes, foi restabelecido no final da tarde desta quinta-feira

iG Minas Gerais | Folhapress |

O abastecimento de água deve ser completamente normalizado na região metropolitana de São Paulo na madrugada deste sábado (24) depois de mais de 33 horas de o fornecimento de energia elétrica ter sido interrompido em duas estações elevatórias.

A interrupção elétrica aconteceu por volta das 4h quando uma árvore com altura de cerca de 20 metros caiu sobre a rede elétrica e afetou o fornecimento de água a cerca de 1,2 milhão de clientes nas zonas oeste e sul de São Paulo, parte de Cotia e todos os bairros de Taboão da Serra, ambas na Grande São Paulo.

Segundo a companhia, o fornecimento de energia na estação João 23, que atende a cerca de 640 mil clientes, foi restabelecido no final da tarde desta quinta-feira (22).

Contudo, o abastecimento de água aos moradores de Taboão da Serra, Embu, Itapecerica da Serra, parte de Cotia e da região do Jardim Arpoador, em São Paulo, só deve ocorrer por completo na madrugada deste sábado.

Segundo a companhia, a tensão de energia teve oscilações e a previsão é que o abastecimento seja retomado paulatinamente. Com isso, a água deve chegar às casas aos poucos e haverá maior demora nas que ficam em áreas mais elevadas e distantes das estações.

Já a estação do Jardim São Luiz, na zona sul da capital paulista, também teve energia interrompida por volta das 4h. Segundo a Sabesp, o fornecimento de energia foi restabelecido às 10h e o abastecimento de água já foi completamente normalizado para os moradores.

A companhia pede que os moradores evitem o desperdício e usem de forma consciente o volume de suas caixas-d'água.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave