Índice, prévia da inflação, registra aumento em janeiro

Números divulgados pelo IBGE, nesta sexta-feira (23), indicaram IPCA-15 de 0,89%; acúmulo dos últimos 12 meses foi de 6,69%

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

Índice que mede a prévia da inflação teve aumento de 0,79% para 0,89%, de acordo com dados divulgados, nesta sexta-feira (23), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa que aconteceu no período do dia 16 de dezembro até 15 de janeiro, refere-se ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15).

No acumulo de 12 meses, IPCA-15 está em 6,69%, maior que o teto da meta do governo que é de 6,5%. Este resultado é o mais alto desde fevereiro de 2011.

O aumento no índice foram refletidos com mais força nos preços de alimentos e bebidas. Entre esses, as carnes (3,24%), a batata-inglesa (32,86%) e o feijão carioca (24,25%) registraram os maiores valores.

Nos custos com moradia, a alta na conta de luz e as variações dos aluguéis estão entre os principais aumentos, sendo registrado avanço de 1,23% e 1,26%, respectivamente.