Brasil encara 'freguês' por vaga nas oitavas no Mundial

Com quatro derrotas em quatro jogos, Chile não deve atrapalhar a classificação brasileira

iG Minas Gerais | Folhapress |

Chile nunca venceu o Brasil em grandes competições
CBHB/divulgação
Chile nunca venceu o Brasil em grandes competições

Com quatro derrotas em quatro jogos, o Chile não deve atrapalhar a classificação do Brasil no Mundial de handebol, nesta sexta-feira (23), às 12h (com SporTV e ESPN).

Com apenas duas participações em Mundiais (22º, em 2011, e 23º, em 2013), os chilenos venceram apenas dois jogos (ambos contra a Austrália, eterna lanterna) na competição.

Alçada a terceira força do continente na última década, atrás também da Argentina, o Chile nunca venceu o Brasil em grandes competições.

Mesmo assim, os jogadores e o técnico da seleção brasileira pregam respeito ao freguês sul-americano.

"Eles jogam juntos há algum tempo, tem bons nomes, vai ser um jogo chato", comenta o treinador espanhol do Brasil, Jordi Ribera.

"Temos que ganhar do Chile, mas eles não vão deixar barato. É Mundial, não tem jogo fácil", diz o armador Thiagus Petrus.

Em junho, no Pan-Americano que garantiu vagas a ambas seleções no Mundial do Qatar, o Brasil venceu o Chile na semifinal por 36 a 28. Depois, a seleção perderia a decisão para a Argentina. Para avançar às oitavas de final, basta aos brasileiros vencerem os chilenos. Em caso de empate ou derrota, o Brasil ainda assim pode passar de fase na quarta colocação do grupo mas dependeria do resultado entre Belarus e Qatar. Os donos da casa, assim como Espanha e Eslovênia já estão classificadas.

Neste Mundial, o Brasil venceu Belarus - por isso leva vantagem no critério de desempate-, mas perdeu para Qatar, Espanha e Eslovênia.

Leia tudo sobre: brasilchilemundial de handebolorge ribera