Corinthians vence clássico contra o São Paulo e vai à 16ª final

Adversário na decisão de domingo (25) no Pacaembu tem bem menos tradição: Botafogo de Ribeirão Preto

iG Minas Gerais | Folhapress |

Maior campeão da Copa São Paulo de futebol júnior, com oito conquistas, o Corinthians terá a oportunidade de ampliar seu domínio histórico na competição. O time alvinegro se classificou para a sua 16ª final no torneio após vencer o clássico contra o São Paulo por 3 a 0, nesta quinta-feira (22), em Limeira, pela semifinal.

O adversário na decisão de domingo (25) no Pacaembu tem bem menos tradição. Será o Botafogo de Ribeirão Preto, que venceu o Palmeiras por 2 a 1 na outra semifinal, disputada em Barueri. O time do interior chega pela segunda vez a uma final de Copa São Paulo -em 1983, foi derrotado pelo Atlético-MG.

O JOGO

Os volantes corintianos mostraram que, além de marcar, possuem muita qualidade com a bola no pé, e desequilibraram a partida a favor dos alvinegros no primeiro tempo.

Aos 22min, Maycon deu uma bela assistência para Matheus Vargas, que com um toque na bola cortou o zagueiro Vitor Tormenta. De frente para o gol, o camisa 10 finalizou firme e abriu o placar. O segundo gol saiu em um campeonato júnior, mas pela velocidade de raciocínio poderia ser visto em um jogo dos profissionais. Aos 32min, Marciel aproveitou que os são-paulinos reclamavam da arbitragem e cobrou falta no pé de Léo Príncipe. O lateral teve tranquilidade de encobrir o goleiro Lucas para ampliar a vantagem.

A inexperiência dos jogadores em campo voltou a aparecer no final do primeiro tempo, quando Matheus Cassini e Matheus Reis trocaram cusparadas. As agressões não foram vistas pelo árbitro, que deixou de advertir os jogadores.

Precisando reverter o placar, o São Paulo foi para cima e levou azar no primeiro lance do segundo tempo. João Paulo recebeu de frente para o gol e tirou o lance do goleiro, mas a bola bateu na trave e percorreu a linha antes que a defesa corintiana afastasse o perigo.

A equipe tricolor voltou muito mais incisiva, e teve mais duas oportunidades de diminuir o placar e voltar à partida. A primeira chance foi evitada pelo goleiro Caique, e a segunda ficou no travessão, em cabeçada de Inácio.

O confronto, que era aberto, ganhou ares de sacramentado aos 27min. Foguete afastou mal e a bola sobrou para Gabriel, que girou na área e chutou sem chances para Lucas e definir o confronto.

Torcedores e PM entram em conflito antes de jogo

Antes do clássico entre Corinthians e São Paulo, integrantes da torcida organizada do Corinthians Camisa 12 e a Polícia Militar entraram em confronto.

Os torcedores tentaram invadir o local destinado aos torcedores do São Paulo do lado de fora do estádio e foram impedidos pelos policiais. Os corintianos jogaram pedras na PM, que então reagiu com cassetetes. Segundo a PM, não houve feridos após a confusão. Um torcedor foi preso.

As principais organizadas de São Paulo e Corinthians (Independente e Gaviões da Fiel) entraram em contato com a PM avisando que chegariam atrasadas a Limeira por causa do trânsito.

A Independente chegou já com a bola rolando, acompanhada por carros da PM e vigiada por helicóptero. A Gaviões não chegou até o momento.

Leia tudo sobre: corinthianscopa são paulosão paulo