Empresário é morto durante assalto com sete reféns no bairro Calafate

Segundo testemunhas, vítima recebeu o primeiro tiro após perguntar o que estava acontecendo; um dos filhos do comerciante foi atrás dos bandidos, mas não conseguiu alcançá-los

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

O dono de uma vidraçaria conhecida no bairro Calafate, na região Oeste de Belo Horizonte, foi assassinado durante um assalto ao estabelecimento nessa quinta-feira (22). Além da vítima, outras seis pessoas foram feitas reféns. Ninguém foi preso.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, testemunhas contaram aos militares do 5º Batalhão que se preparavam para fechar o comércio, localizado na rua Desembargador Barcelos, quando dois homens entraram se passando por clientes.

Em seguida, eles anunciaram o assalto e ordenaram que todos fossem para o escritório. Nesse momento, Washington Rezende Pereira, de 52 anos, saiu de uma outra sala e perguntou o que estava acontecendo.

Sem que a vítima pudesse ter reação, um dos assaltantes atirou. A vítima ainda entrou em luta corporal com um dos criminosos e foi baleado mais vezes. O empresário foi baleado no ombro e pescoço, chegou a ser encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, mas não resistiu aos ferimentos.

A dupla recolheu pertences pessoais das vítimas e fugiu pela avenida Amazonas e rua Junquilhos. A vidraçaria possui câmeras de segurança, que podem ajudar na identificação dos suspeitos.

A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes II (Ceflan).  

Leia tudo sobre: latrocíniovidraçariacalafatetirosassaltoempresárioreféns