Pane em vagão deixa população do DF sem metrô no início da noite

Com desligamento, todos os trens em funcionamento ficaram parados nos trilhos, carregados de pessoas

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Usuários do metrô do Distrito Federal precisaram encontrar outras formas de voltar para casa no início da noite de desta quinta-feira (22). Por volta de 19h30, na Estação Águas Claras, um vagão do metrô perdeu a tração, parando no meio do caminho. Com isso, os passageiros tiveram que caminhar sobre os trilhos, o que obrigou a Companhia do Metrô do DF a desligar a energia.

Com o desligamento, todos os trens em funcionamento ficaram parados nos trilhos, carregados de pessoas. Assim, mais passageiros tiveram que seguir a pé, o que prolongou o tempo de desligamento da energia. Segundo a assessoria de comunicação do Metrô do DF, o sistema deve ser restabelecido em breve. O Corpo de Bombeiros está se certificando de que não há mais ninguém caminhando pelos trilhos antes de autorizar a ativação da energia.

O metrô ficou pouco mais de duas horas desativado e todas as estações foram fechadas. As pessoas que chegavam para embarcar se deparavam com os portões fechados. Funcionários da segurança do metrô informavam que não havia previsão de volta. Na Estação da Rodoviária do Plano Piloto, uma senhora desavisada se aproximou do portão fechado e questionou “Já fechou? Metrô daqui não é igual ao de São Paulo, que fica aberto até de madrugada?”

Mais cedo, por volta das 18h30, durante uma forte chuva que caiu em várias áreas do Distrito Federal, um dos trens teve um princípio de incêndio. Não houve vítimas. O fato também ocorreu no bairro de Águas Claras, mas isso não forçou a interrupção do sistema.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave