EUA e Cuba não fixam data para reabertura de embaixadas

Segundo a chefe da diplomacia cubana, Josefina Vidal, os dois países continuarão as negociações para a reabertura das embaixadas "em uma data próxima"

iG Minas Gerais | AFP |

EUA e Cuba realizam reunião em Havana buscando uma reaproximação histórica
AFP
EUA e Cuba realizam reunião em Havana buscando uma reaproximação histórica

Estados Unidos e Cuba não fixaram, nesta quinta-feira, uma data para a normalização de suas relações e a reabertura de embaixadas, nas primeiras negociações de alto nível em 35 anos, em Havana, anunciou a chefe da delegação americana, Roberta Jacobson, uma informação confirmada por Havana.

"Não posso dizer-lhes quando exatamente isto ocorrerá. Estamos trabalhando nos assuntos tão rapidamente quanto podemos e o faremos tão rapidamente quanto pudermos resolver todos os assuntos funcionais que precisamos tratar", disse à imprensa Jacobson, vice-secretária de Estado americana para o Hemisfério Ocidental.

Segundo a chefe da diplomacia cubana, Josefina Vidal, os dois países continuarão as negociações para a reabertura das embaixadas "em uma data próxima".

"Acordamos continuar estas discussões em uma data próxima", disse Vidal à imprensa, ao final de uma reunião de quatro horas com a delegação americana, chefiada por Jacobson.

"Ficou em aberto a definição da data porque as duas partes têm que revisar suas agendas", acrescentou.

Vidal admitiu que é possível que a decisão de reabrir as embaixadas tampouco seja adotada em um segundo encontro.

"Não posso dizer agora se depois desta reunião vão ser necessárias outras, vamos ter que esperar a ocasião para ter esta definição", explicou a funcionária cubana.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave