Homem é procurado por vender falsos pacotes de turismo

Em um dos casos, ele fez a venda por mais de R$ 70 mil para uma família que só descobriu o golpe quando foi viajar

iG Minas Gerais | FELIPE CASTANHEIRA/ JULIANA BAETA |

Está foragido o homem que aplicou golpes em várias vítimas em Juiz de Fora, na Zona da Mata, dizendo trabalhar em uma agência de turismo. Somente de uma família ele roubou R$ 70 mil. O suspeito é conhecido na cidade e aproveitava o fato de ter trabalhado muito tempo no ramo de turismo para praticar o crime.

Segundo o delegado Armando Avolio Neto, titular da 7ª delegacia de Juiz de Fora, a primeira ocorrência de irregularidades nos pacotes turísticos vendidos pelo suspeito foi registrada no dia 16 deste mês. Depois deste, outros casos começaram a aparecer. Algumas vítimas só ficavam sabendo que nem as passagens haviam sido compradas quando já estavam no aeroporto.

O suspeito não tinha local fixo de trabalho e desde quando os casos começaram a aparecer ele não foi mais localizado.

Ainda segundo o delegado, o homem repassava as vendas a uma outra agência de turismo, onde a responsável aceitava fazer a transação por confiar nele. Ela disse que está surpresa com o ocorrido.

Em um dos crimes uma família de 13 pessoas pagou mais de R$ 70 mil e só descobriram que nada da viagem havia sido pago quando estavam prestes a viajar.

As investigações continuam para tentar localizar e prender o suspeito.