Dilma participa da posse de Evo Morales na Bolívia

Com a viagem à Bolívia, presidente não participa do Fórum Econômico Mundial, que acontece nesta semana, na Suíça

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Presidenta Dilma Rousseff em encontro bilateral com o Presidente da Bolívia, Evo Morales em Paramaribo, Suriname
Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff em encontro bilateral com o Presidente da Bolívia, Evo Morales em Paramaribo, Suriname

A presidente Dilma Rousseff viaja na manhã  desta quinta-feira (22) à Bolívia, onde participa das cerimônias de posse do presidente Evo Morales. Os eventos de recondução do presidente boliviano, que assume o terceiro mandato consecutivo, começaram nessa quarta-feira (21) com um ritual ancestral indígena em um sítio arqueológico chamado Tiwanaku.

Dilma embarca para La Paz, capital administrativa da Bolívia, por volta das 8h, horário de Brasília. Ela estará acompanhada do ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira. A cerimônia de posse está programada para começar às 9h35, horário local (duas a menos do que em Brasília), na Assembleia Legislativa Plurinacional.

Os presidentes do Equador, Rafael Correa, do Paraguai, Horácio Cartes, da Venezuela, Nicolás Maduro, da Costa Rica, Luiz Guillermo Soliz, de Trinidad e Tobago, Anthony Carmona, além do presidente eleito, da Namíbia, Hage Geingob, também confirmaram presença na solenidade, de acordo com a Agência Boliviana de Informação.

Esta será a primeira viagem internacional da presidente em seu segundo mandato.

Com a viagem à Bolívia, Dilma não participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O ministro da Fazenda,  Joaquim Levy, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, representarão o Brasil.

Após a posse, Dilma e os demais presidentes participam de cerimônia de cumprimentos a Morales no Palácio do Governo, mesmo local onde será feita a fotografia oficial. O retorno da presidenta ao Brasil está programado para o início da tarde, com chegada prevista às 19h.