Tributo à Affonso Ávila

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Apropriação. Wilmar Andrade apresentará performance baseada em poemas do homenageado
Picasa
Apropriação. Wilmar Andrade apresentará performance baseada em poemas do homenageado

O mineiro Affonso Ávila (1928-2012) foi um pesquisador, ensaísta e poeta conhecido em todo país. Além de ter criado o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, publicou 20 livros e integrou importantes movimentos literários. Por sua importância para a literatura contemporânea, ele será o homenageado de hoje no Sarau Dia A, no Museu das Minas e do Metal, às 19h30.

Criado em 2012 pelo também poeta Wilmar Silva de Andrade, o evento teve um hiato de dois anos e deve assumir, agora, periodicidade anual. Para seu realizador, o sarau deste ano é uma forma de celebrar e revisitar a obra de um poeta bastante singular. “Ávila produziu obras que, ao mesmo tempo, tinham linguagem experimental e expressões tradicionais. Ele transitou muito bem pelos dois terrenos”, diz Andrade. Em sua visão, uma das obras mais relevantes do homenageado é “Discurso da Difamação do Poeta”, de 1976 – tanto é que o título também serviu para o nome desta edição do sarau. “A obra questiona a própria figura do poeta”, sintetiza.

Inspirado em algumas poesias dessa obra e também em outras, contidas em “Códigos de Minas” e “Cantaria Barroca”, ambos assinados por Ávila, o criador do evento irá fazer uma performance como parte da programação. “A poesia dele tem vários elementos de construção, mas dois são cruciais: a dimensão plástica e a sonoridade. A partir desses dois aspectos, escolhi alguns poemas musicais para apresentar”, adianta.

Também participam do evento Bianka de Andrade Silva, Myriam Ávila (filha de Affonso), Miguel Javaral, neto do homenageado, e Rosane Freire. Cada um deles contribuirá com leituras de trechos, interpretações e observações sobre a vida e obra do poeta.

Agenda

O quê. Sarau Dia A – Discurso da Difamação do Poeta, com Wilmar Silva de Andrade e convidados

Quando. Hoje, às 19h30

Onde. MMM Café (Museu das Minas e do Metal, praça da Liberdade, s/nº, Funcionários) Quando. Entrada franca

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave