Ministro Joaquim Levy sinaliza para PIB estável em 2015

O realismo de Levy foi ressaltado por várias pessoas. Um dos motivos foi o reconhecimento de que a economia brasileira deverá ter crescimento perto de zero em 2015

iG Minas Gerais |

DAVOS, SUÍÇA. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou nesta quarta aos participantes de almoço no Fórum Econômico Mundial, que está sendo realizado na Suíça, que o crescimento da economia brasileira tende a ficar “estável” em 2015. Segundo diversos participantes do encontro, que falaram à Agência Estado, o ministro sinalizou que o ano será de ajustes e citou como exemplo o aumento de impostos anunciado nesta semana.

Levy e o ministro da Fazenda da Colômbia, Mauricio Cardenas, conversaram com um grupo de cerca de 80 empresários e investidores, sendo metade do grupo composto por brasileiros e metade por estrangeiros. O encontro durou 1h30 e os presentes deixaram o local com uma impressão positiva do ministro brasileiro.

“O ministro disse o que precisa ser feito, como atrair investimentos, e mostrou o que já fez, como o aumento de impostos. Pareceu muito transparente”, disse um executivo da Bélgica à agência de notícias.

O realismo de Levy foi ressaltado por várias pessoas. Um dos motivos foi o reconhecimento de que a economia brasileira deverá ter crescimento perto de zero em 2015. Aos presentes, o ministro da Fazenda disse que o Produto Interno Bruto (PIB) tende a ficar “estável”. Ele usou o termo “flat” para falar do PIB neste ano. Após o almoço, vários presentes afirmaram que 2015 será um ano para “reconquistar a confiança” no Brasil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave