Itapecerica é quarta cidade a cancelar Carnaval de rua

Administração da cidade informou que tradicional "Carnaval Itabeleza 2015" foi suspenso pela possibilidade de racionamento de água nos próximos períodos; outros municípios disseram que medida foi tomada como corte de gastos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Carnaval de Itapecerica foi cancelado pela possibilidade de falta de água
ALISSON GONTIJO
Carnaval de Itapecerica foi cancelado pela possibilidade de falta de água

A cidade de Itapecerica, município do Centro-Oeste do Estado, é a quarta cidade de Minas a cancelar o carnaval de rua deste ano. A administração da cidade informou nesta quarta-feira (21) que o tradicional "Carnaval Itabeleza 2015" foi suspenso pela possibilidade de racionamento de água nos próximos períodos. As cidades de Formiga, na mesma região, Mateus Leme, na região Central, e Santa Maria de Itabira, no Vale do Aço, também cancelaram o evento, mas a justificativa foi um corte de gastos.  

Em comunicado divulgado pela prefeitura de Itapecerica , a administração explicou que em função do cancelamento da festividade em outras cidades da região, o município poderia receber mais pessoas durante o feriado. Assim, haveria uma sobrecarga e uma escassez ainda maior. A medida foi tomada após reunião com presença de representantes da prefeitura e da Copasa.

O carnaval também está sob ameça em outras cidades mineiras.  Em Ouro Preto, na região Central do Estado, a prefeitura do município adotou nesta segunda um rodízio no abastecimento de água. O rodízio afeta 50% dos bairros e é adotado pela segunda vez em menos de seis meses – não há prazo para suspensão. A expectativa é de que a cidade histórica receba 70 mil turistas, dobrando a população.

Já em Pompéu, na mesma região, a prefeitura e Copasa vão usar caminhões-pipa para atender foliões e moradores durante a festa. 

Em São João del Rei, no Campo das Vertentes, o Departamento Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Damae) começou uma campanha de conscientização do consumo de água. Nos próximos dias, segundo a assessoria do órgão, será feita uma reunião com a organização do Carnaval para avaliar a situação.

Realidade

A Copasa informou que está realizando um estudo sobre a água em Minas e que “nessa quinta-feira (22) irá se pronunciar sobre a atual situação do processo de abastecimento no Estado”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave