Empresário chinês Wang Jianlin compra 20% do Atlético de Madrid

Trata-se do primeiro investimento procedente da China continental em um grande clube de futebol europeu

iG Minas Gerais | AFP |

O acordo entre o clube e a companhia foi assinado em Pequim
Divulgação
O acordo entre o clube e a companhia foi assinado em Pequim

O multimilionário chinês Wang Jianlin comprou 20% do clube de futebol espanhol Atlético de Madrid por 45 milhões de euros (52 milhões de dólares), informou nesta quarta-feira sua empresa, Wanda Group.

O presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, e Zhang Lin, presidente da filial cultural da Wanda Group, assinaram o acordo na presença de Wang Jialin em Pequim.

Wang disse que sua cooperação com o Atlético se baseia na amizade com os responsáveis pelo clube e em seu próprio sonho de melhorar a qualidade do futebol juvenil chinês.

"Dalian Wanda Group alcançou um acordo com os acionistas marjoritários do Clube Atlético de Madri, Miguel Ángel Gil Marín e Enrique Cerezo Torres, para participar do capital social do clube", anunciou um comunicado do clube espanhol difundido em Madri.

O novo acionista terá "20% do capital social do Clube Atlético de Madrid", confirmou o comunicado.

Trata-se do primeiro investimento procedente da China continental em um grande clube de futebol europeu.

O acordo assinado em Pequim inclui a abertura de escolas de futebol do Atlético de Madrid na China, indicou o Wanda Group.

Também esta previsto o investimento de 34 milhões de dólares em um centro juvenil em Madri para fomentar o talento do futebol chinês.

O Wanda Group financia atualmente um projeto de formação de jovens pelo qual 90 jovens chineses viajaram à Espanha, número que chegará a 180 em 2007.

O acordo inclui também eventuais acordos com patrocinadores e um possível giro da equipe do Atlético de Madrid pelo país asiático no verão (boreal).

Wang Jianlin figura na 42ª posição da lista da Forbes dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna estimada em 18 bilhões de dólares.

Em 2014 foi classificado como o segundo homem mais rico da China.

Há alguns meses Wang comprou em Madri, por 265 milhões de euros, o edifício Espanha, um emblemático arranha-céu localizado no centro da capital espanhola.

Leia tudo sobre: atletico de madridwanda groupacordoinvestimento