Estiagem obriga Viçosa a ter rodízio na distribuição de água

Até que sejam concluídas as obras e medidas necessárias para ampliar a capacidade de armazenamento das estações de tratamento de água (ETA I e II), a prefeitura decidiu limitar o uso da água potável

iG Minas Gerais | Da Redação |

Prefeitura restringe o uso da água para evitar crise no abastecimento
prefeitura de viçosa/divulgação
Prefeitura restringe o uso da água para evitar crise no abastecimento

O novo período de estiagem neste princípio de ano vem novamente reduzindo os níveis de água acumulada nas bacias que abastecem o município de Viçosa e as previsões meteorológicas indicam baixo índice de chuvas para os próximos meses na cidade e região. Com a possibilidade de uma nova crise no abastecimento de água, até que sejam concluídas as obras e medidas necessárias para ampliar a capacidade de armazenamento das estações de tratamento de água (ETA I e II), a prefeitura decidiu limitar o uso da água potável e cria rodízio para sua distribuição. 

O prefeito Ângelo Chequer assinou, nessa terça-feira (20), o decreto Nº 4802/2015, que dispõe sobre o estado de emergência e determina restrições para o uso da água potável em Viçosa como forma de coibir desperdícios.

O controle objetiva evitar maiores problemas no abastecimento de forma a possibilitar que o fornecimento continue a atender as necessidades fundamentais da população. Para isso, a prefeitura orienta a população a não usar da água da rede pública para lavar ruas, calçadas, e frentes dos imóveis; regar jardins e plantas; encher ou esvaziar piscinas; lavar quintais, telhados, paredes, calhas, garagens, veículos e despejar água tratada na rede pluvial ou na rede de esgoto. As regras valem tanto para residências quanto para estabelecimentos comerciais.

Uma outra medida adotada, que tem início nesta quarta-feira (21), é o rodízio na distribuição de água. O Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) garantirá o abastecimento de água potável às unidades de saúde, creches, escolas e prédios públicos, por intermédio de carros-pipas.

Confira como será o rodízio:

SEGUNDA-FEIRA, de 7h às 19h:

Bairros

Silvestre Amoras Vau-Açu Floresta Boa Vista Marques Vereda do Bosque Liberdade

TERÇA-FEIRA, de 7h às 19h:

Bairros

Barrinha Laranjal Cidade Nova Grota dos Camilos Nova Era Vale do Sol

QUARTA-FEIRA, de 7h às 19h:

Bairros

Santa Clara sentido São Sebastião Morada do Sol Jardim Europa Morro do Cruzeiro Ramos Centro Rua das Estrelas Rua da Conceição Av. Santa Rita Bairro de Lourdes Rua Gomes Barbosa Clélia Bernardes

QUINTA-FEIRA, de 7h às 19h:

Bairros

Santa Clara sentido Bairro de Fátima Belvedere Nova Viçosa Posses

SEXTA-FEIRA, de 7h às 19h:

Bairros

João Brás Violeira Recanto da Serra Inconfidentes Sagrada Família Bom Jesus Bela Vista

SÁBADO, de 7h às 19h:

Santo Antônio

Leia tudo sobre: águarodízioestiagememergência