Justiça pede prisão preventiva de motorista que atropelou e matou seis

Acidente aconteceu na última sexta-feira; motorista ainda não foi localizado

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Acidente foi no KM 63 da LMG-758
PM/Divulgação
Acidente foi no KM 63 da LMG-758

O motorista de 55 anos que atropelou e matou seis pessoas em Belo Oriente, no Vale do Aço, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Até a manhã desta quarta-feira (21), ele não foi localizado e não se apresentou na delegacia de cidade.

Por meio da assessoria de imprensa da Polícia Civil, o delegado responsável pelas investigações, Thiago Alves Henriques, informou que o mandado de prisão saiu nessa terça-feira (20). Até o momento, 13 pessoas foram ouvidas. As buscas pelo suspeito continuam.

Na noite de sexta-feira (16), o homem atropelou dez pessoas na altura do KM 63 da LMG-758. Ao todo, seis pessoas ficaram feridas, três eram ocupantes do carro. O motorista fugiu sem prestar socorro.

As vítimas eram vizinhas e estavam conversando às margens da rodovia. Entre os feridos estava três ocupantes do veículo que causou a tragédia. No atropelamento morreram Irani Simões Bittencourt, de 39 anos, e a filha Ana Letícia Simões Ferreira, 16; Maria Piedade Assis, 65, e Eni Aparecida de Assis, 46, também mãe e filha; mais Ronaldo Gomes Ferreira, 33; e Maria Gomes Roque, 67.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave