Bernard quer sair do Shakhtar por mais visibilidade e volta à seleção

Jogador comentou sobre o medo de viver em meio à crise política que envolve Ucrânia e Rússia e reafirmou o desejo de sair

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Jogador viveu altos e baixos com a camisa da equipe ucraniana
Reprodução Facebook
Jogador viveu altos e baixos com a camisa da equipe ucraniana

Bernard voltou à Cidade do Galo na última terça-feira como jogador do Shakhtar Donetsk-UCR feliz por pisar novamente no CT alvinegro, mas triste por vestir a camisa do clube ucraniano. Esta foi a realidade revelada pelo meio-atacante após o treino na casa alvinegra.

De acordo com Bernard, vários fatores o impulsionam a querer deixar o Shakhtar. Um deles é a crise política na Ucrânia, principalmente em Donetsk, um dos principais focos do conflito contra a Rússia.

Outra questão é o desejo por retornar à seleção brasileira. Mesmo com o Shakhtar figurando na Liga dos Campeões em sequência desde a temporada 2000/2001, Bernard acredita que não terá a visibilidade necessária para voltar a vestir a amarelinha.

"É lógico que eu quero voltar para a seleção. É continuar trabalhando, focando cada vez mais, ir para um lugar que tenha uma visibilidade maior - isso facilita também", afirmou Bernard, lembrando da situação política da Ucrânia.

"O medo sempre deixei claro que é grande. Viver em um país que vive essa crise política como a Ucrânia, ainda mais contra um país de potência que é a Rússia, é complicado. Situação de retorno é complicado. Feliz eu não estou, isso é bem claro. Mas investiram muito em mim, então eles vão querer um retorno. É continuar trabalhando e encontrar cada vez mais meu espaço", finalizou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave