Kiev acusa o exército russo de atacar tropas ucranianas no leste

O Exército ucraniano registrou uma centena de disparos do lado rebelde contra suas posições nas últimas 24 horas

iG Minas Gerais | AFP |

Kiev acusou nesta terça-feira as tropas de Moscou de atacar unidades ucranianas posicionadas na zona separatista do leste do país, onde combatem os rebeldes pró-russos.

"Violando todos os acordos prévios, as unidades militares ucranianas foram atacadas no norte por tropas regulares das forças armadas russas", afirmou o porta-voz militar de Kiev, Andriy Lysenko, em uma coletiva de imprensa convocada com caráter de emergência. A Ucrânia lançou nesta terça-feira sua quarta onda de mobilização militar que deve envolver cerca de 50.000 homens, no momento em que as hostilidades prosseguem no leste rebelde pró-russo, deixando dois mortos entre os civis.

Esta mobilização terá a duração de 90 dias e será seguida de duas outras, para atingir um total de 104.000 homens.

Serão convocados todos aqueles que receberam uma formação militar  - condutor de tanques de guerra, atiradores, paraquedistas, ou ainda motoristas e mecânicos - segundo indicaram as autoridades ucranianas.

No leste do país, a situação continua tensa nesta terça-feira. O Exército ucraniano registrou uma centena de disparos do lado rebelde contra suas posições nas últimas 24 horas. Dezenove soldados foram feridos por esses tiros.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave