Países se reúnem no Níger para discutir luta contra o Boko Haram

Segundo a Anistia Internacional, o recente ataque contra a cidade nigeriana de Baga constitui um crime contra a Humanidade

iG Minas Gerais | AFP |

Grupo terrorista Boko Haram causou tensões na Nigéria e Camarões
AFP
Grupo terrorista Boko Haram causou tensões na Nigéria e Camarões

Uma reunião regional teve início nesta terça-feira em Niamey para discutir a luta contra o Boko Haram, grupo islamita que controla territórios do nordeste da Nigéria, ameaça o Chade e realiza incursões no vizinho Camarões.

Entre os participantes figuram os chanceleres ou ministros da defesa de seis países africanos: Benin, Camarões, Guiné Equatorial, Níger, Nigéria e Chade. Também há representantes de outros sete países: Alemanha, Canadá, China, Espanha, Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia, além de organizações pan-africanas.

Segundo a Anistia Internacional, o recente ataque contra a cidade nigeriana de Baga constitui um crime contra a Humanidade.

Desde 2009, a insurreição islamita e sua repressão pelas forças nigerianas deixaram mais de 13.000 mortos e 1,5 milhão de deslocados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave