Sem temer concorrência, Rafael Carioca quer se firmar como titular

Volante prevê acirrada disputa por uma vaga na equipe principal do técnico Levir Culpi

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Rafael Carioca fez o seu primeiro treino com seus novos companheiros na Cidade do Galo
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Rafael Carioca fez o seu primeiro treino com seus novos companheiros na Cidade do Galo

Os primeiros meses do volante Rafael Carioca no Atlético foram marcados pelos extremos no ano passado. De uma grave lesão na coxa esquerda para o momento de euforia pela conquista da Copa do Brasil. Para 2015, o jogador espera ter uma temporada ainda mais produtiva.

Titular no coletivo dessa segunda-feira, ele gostou do teste para o amistoso contra o Shakhtar Donetsk-UCR, nesta quarta-feira.

"Fazia tempo que não jogava um coletivo, num início de temporada, a gente sente bastante. Deu para jogar bem. Algumas peças mudaram, mas a gente conseguiu se portar bem, deu para jogar", disse Carioca.

O jogador também se diz pronto para ter uma sequência entre os titulares, apesar da forte concorrrência no meio-campo.

"Todo mundo tem que pensar em jogar. Ninguém tem cadeira cativa. Todo mundo tem que saber que tem uma sombra do lado. Comigo não é diferente. Estou com os pés no chão. Tenho que fazer o melhor para poder jogar", afirmou. Para a posição de Carioca, Levir tem nomes como Pierre, Josué e Danilo Pires.

Por fim, Rafael comentou a forma como o time deve atuar em 2015. Ele explica que será a mesma do ano passado.

"Nada mudou. Não pode mudar o que está dando certo. Antes, não tinha um centroavante fixo, agora tem. Os pontas terão que guardar posição. O jeito é o mesmo, buscar sair nos contra-ataques", concluiu.

Leia tudo sobre: rafael cariocaatleticoamistososhakthar donetsktitularidade