Idoso é convidado para beber e é morto a tiros no caminho em Catuji

Vítima matou a ex-companheira em 2010, segundo a Polícia Militar; homem tinha desavença com um vizinho e já tinha o ameaçado de morte

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um idoso de 64 anos foi executado a tiros, na noite dessa segunda-feira (19), em Catuji, na região do Vale do Jequitinhonha, por um homem que o convidou para ir a um bar. A vítima foi encontrada, já sem vida, na MG-211, na ponte do Rio Preto, zona rural da cidade.

Uma denúncia levou a Polícia Militar (PM) até o KM 7 da rodovia, onde o corpo de Júlio Berto Santiago foi encontrado. Segundo a perícia, a vítima foi atingida por três tiros, sendo dois no abdômen e um no lado esquerdo da região do tórax, próximo ao ombro.

Segundo relato de testemunhas à PM, um homem em uma moto preta foi até a casa de Santiago e o chamou para ir a um bar, localizado a cerca de 500 metros da residência. A vítima aceitou o convite e, no meio do caminho, o suspeito parou a moto e atirou.

Ainda, conforme testemunhas, Santiago tinha desavenças com um vizinho, conhecido como "Tutuca", e já tinha o ameaçado de morte. De acordo com a PM, o idoso matou a ex-companheira em 2010.

O corpo de Santiago foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Teófilo Otoni. Até o momento, ninguém foi preso.

Leia tudo sobre: tirosidosobarbeber