Riascos chega a BH sem medo de novo duelo com o goleiro Victor

Jogador avalia lance capital na Libertadores como página virada, e ressalta qualidade apresentada nos duelos com o Atlético

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Riascos mantém confiança contra provocações do rival Atlético
JOSIAS PEREIRA/WEBREPÓRTER
Riascos mantém confiança contra provocações do rival Atlético

O Cruzeiro apresentou na manhã desta terça-feira seu sexto reforço para a temporada 2015. Velho conhecido do futebol mineiro, o atacante colombiano Riascos chega a Belo Horizonte sob a desconfiança da torcida cruzeirense, que ainda se recorda do pênalti perdido pelo jogador quando defendia o Tijuana, um lance capital e emblemático na inédita conquista da Libertadores pelo Atlético, grande rival celeste, em 2013.

"Fico tranquilo, porque quando joguei contra o Atlético fiz gols. Somente no último minuto houve pênalti. Mas creio que o que consegui nas duas partidas (contra o Atlético) me dá uma certa tranquilidade. Fiz dois gols contra eles", destaca Riascos, que não se intimida com as provocações da torcida alvinegra.

"Provocação tem desde que eu cheguei aqui (em Belo Horizonte), mas eu estou tranquilo. Estou em um clube muito importante, só quero responder no campo, com gols e mostrar que eu posso ser um jogador muito importante", completou.

O assunto pênalti dominou a coletiva, mas o colombiano se mostrou bastante tranquilo com as perguntas. Questionado sobre a possibilidade de enfrentar novamente o goleiro alvinegro Victor na marca penal, Riascos não titubeou.

"Não teria medo. No futebol, podemos cobrar pênaltis e fazer. Teria tranquilidade para cobrar, sem medo, porque, em campo, fui bem e marquei gols contra o Atlético", concluiu.

Confiança em uma volta por cima   Após atravessar um período turbulento no México, - principalmente durante sua passagem pelo Pachuca, onde marcou apenas dois gols em 1.159 minutos -, o atacante, de 28 anos, tem a oportunidade de reencontrar sua melhor forma no competitivo futebol brasileiro. Ingressando em uma equipe com uma filosofia ofensiva e que já atua junta há dois anos, a expectativa é que o Riascos do Tijuana reapareça, um jogador bem ordenado taticamente, veloz e que sabe usar bem o corpo para levar a melhor sobre seus marcadores.

"Eu creio que vai ser diferente, chegar ao país do futebol me encanta pela alegria.Tenho a gana de jogar, muitos jogadores nascem com o futebol, e eu nasci com isto. Eu passei por algumas coisas, mas acredito que este ano será diferente da última temporada no México", avaliou o jogador.

Se por um lado existe desconfiança, do outro existe convicções. Riascos chega ao Cruzeiro com o aval do presidente Gilvan de Pinho Tavares, que desde o ano passado buscava a aquisição do atleta, e também do técnico Marcelo Oliveira. O jogador espera retribuir o voto de confiança dentro de campo, apresentando um bom futebol, gols e também títulos.

"Para mim foi algo muito lindo a proposta do Cruzeiro, porque é um dos maiores clubes do Brasil. Fico muito contente por essa oportunidade. quero trabalhar todos os dias muito fortes e ajudar o Cruzeiro", finalizou Riascos.

Leia tudo sobre: riascoscolombianocruzeirochegadaapresentaçao