Bellucci e Feijão perdem, e país fica sem representantes em simples

Participação do Brasil na chave de simples do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, durou apenas uma rodada

iG Minas Gerais | Folhapress |

A participação do Brasil na chave de simples do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, durou apenas uma rodada. Na madrugada desta terça-feira (20), os tenistas Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, foram eliminados.

Número um do país e 65º do mundo, Bellucci foi derrotado pelo espanhol David Ferrer por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (7-2), 6/2, 6/0 e 6/3.

Com a derrota, tenista brasileiro não conseguiu defender os 70 pontos conquistados no ano passado, quando avançou para a segunda rodada, e deverá perder posições no ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).

Já Ferrer, décimo do mundo, enfrentará agora o ucraniano Sergiy Stakhovsky, que venceu o sérvio Dusan Lajovic por 3 sets a 2.

No confronto contra o espanhol, Bellucci começou bem e venceu o primeiro set. Na segunda parcial, o brasileiro abriu 2 a 0. No entanto, sofreu um apagão e perdeu seis games consecutivos e, consequentemente, o set.

Na terceira parcial, o espanhol venceu novamente seis games consecutivos e aplicou um pneu em Bellucci - termo designado no tênis quando o set termina em 6/0. Com tranquilidade, Ferrer venceu o quarto set por 6/3 e fechou o jogo.

Já Feijão, 115º do mundo, teve uma boa atuação, mas não conseguiu superar o croata Ivan Dodig, parceiro de Marcelo Melo nas duplas. Após duas horas e 53 minutos de jogo, Dodig venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/5 e 6/4.

Leia tudo sobre: tênisbelluccifeijãoderrotaaberto da austrália