Pratto volta a ser centroavante e descarta ocupar lugar de Tardelli

Depois de marcar gol em coletivo, argentino elogiou ex-atacante alvinegro e espera ganhar confiança da torcida

iG Minas Gerais | Diego Costa |

Pratto marcou o primeiro gol do coletiva desta segunda
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Pratto marcou o primeiro gol do coletiva desta segunda

Principal contratação do Atlético para a temporada, o atacante argentino Lucas Pratto já mostrou faro de gol logo no primeiro coletivo na Cidade do Galo. Ele abriu o caminho para a goleada dos titulares sobre os reservas por 4 a 0. Carlos e Luan (2x) completaram o placar.

Pratto comemorou a boa performance em campo: "Creio que o primeiro treinamento coletivo serviu para entrosar mais o grupo que vinha treinando. O treinador foi parando o jogo para ver opções da equipe. Para mim é importante, poder treinar com os companheiros", disse Lucas Pratto.

Apesar da satisfação com o desempenho, ele disse que não se vê como o substituto do atacante Diego Tardelli, vendido ao Shandong Luneng-CHI.

"Ele (Tardelli) é o melhor jogador do Brasil, da Liga. Nada pode suplantar a ausência dele, pois é um jogador titular da seleção brasileira. Vou tentar conquistar minha confiança. Eu entendo que era uma oportunidade única para ele, desejo muito sorte para o Tardelli", disse o argentino.

Pratto também revelou que ainda sente dificuldades com a função que vai exercer no esquema tático de Levir Culpi. No coletivo, ele atuou centralizado no ataque, com Luan e Carlos se movimentando no setor ofensivo.

"O mais difícil é voltar a jogar como centroavante, voltar a tomar essa posição. Eu penso como os grandes jogadores que têm aqui, estou trabalhando. No coletivo, já tive quatro ou cinco chances. O mais difícil é voltar a ser um centroavante nessa equipe mesmo", destacou Pratto. 

Ele também já está de olho no amistoso contra o Shakhtar Donetsk-UCR, na quarta-feira, às 20h30, na Arena Independência.

"Estou muito bem com eles (jogadores), com a torcida, meus companheiros, com o técnico. Estou contente aqui, de estar jogando. Espero que a partir de quarta-feira, já com o primeiro amistoso, eu possa conquistar a confiança da torcida", concluiu o atacante. 

Leia tudo sobre: atléticogolfutebolprattocoletivotardellicentroavanteataque