Multas por excesso de velocidade sobem até 44% em Minas

Em dezembro passado, a reportagem de O TEMPO mostrou que os problemas de trânsito típicos de capital chegam às pequenas e médias cidades do interior de Minas

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Com as cidades do interior de Minas Gerais começando a planejar a mobilidade urbana, as multas por excesso de velocidade e estacionamento rotativo irregular subiram no Estado. De acordo com o levantamento do Detran-MG, em 2014, 130 mil motoristas foram flagrados com velocidade entre 20% e 50% acima do permitido – um índice 43,8% maior do que no ano anterior (90 mil). Outros 160 mil estacionaram em desacordo com o rotativo – alta de 36,3%.

Para o especialista Guilherme Leiva, esses aumentos eram esperados porque muitos municípios mineiros estão começando a ter um sistema de gestão de transportes. “As cidades começaram a fazer planejamentos e ter uma maior fiscalização. Quando se implanta um sistema, os motoristas precisam se educar”, explica Leiva.

Em dezembro passado, a reportagem de O TEMPO mostrou que os problemas de trânsito típicos de capital chegam às pequenas e médias cidades do interior de Minas. Um exemplo é Bom Despacho, no Centro-Oeste, onde a prefeitura começou a implantar o estacionamento rotativo. Outros municípios maiores estão ampliando os sistemas de transporte público.

Balanço. No acumulado total das multas de 2014, o Estado registrou uma alta de apenas 2,3%. No geral, as multas caíram, apenas algumas aumentaram muito. Já a capital teve queda de 9,3% no total.

Valores

Punição. As multas por invasão de faixas exclusivas variam de R$ 53 a R$ 127. Para o excesso de velocidade, o valor vai de R$ 85 a R$ 574. E o estacionamento rotativo irregular tem multa de R$ 53.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave