Que venha o ano da afirmação

Depois de surgir muito bem em 2014, Dodô espera por mais chances para se consolidar em 2015

iG Minas Gerais | Fernando Almeida |

Preparado. Já adaptado ao profissional, Dodô quer usar 2015 para deslanchar
Denilton dias – 19.11.2014
Preparado. Já adaptado ao profissional, Dodô quer usar 2015 para deslanchar

Um ídolo se foi e substituí-lo torna-se um desafio. A saída de Diego Tardelli foi sacramentada na última sexta-feira, e o vazio que ficou na equipe titular foi rapidamente sentido pela torcida do Atlético. A Massa clama por um reforço à altura, mas também espera ver a evolução de Dodô, promessa da base atleticana que explodiu pra valer na temporada 2014.

Raphael Guimarães de Paula começou a ser chamado de Dodô aos 11 anos de idade, simplesmente pela semelhança com o atacante dos gols bonitos, que atuou em grandes clubes nacionais, como Fluminense, Santos, São Paulo e Botafogo. Na base, o atleta foi sendo moldado para ser um armador, um legítimo camisa 10. Rogério Micale, técnico do júnior do Galo, chegou a comparar o estilo de Dodô com o de Paulo Henrique Ganso, tanto pela sua qualidade nos passes quanto pelo seu estilo mais vagaroso dentro de campo. A pressão para moldar-se ao estilo atleticano foi implementada, e o meia deixou a base ciente de qual aspecto teria que evoluir para crescer no Galo com o apoio da Massa. Dodô então subiu para o time profissional e foi aos poucos sendo testado em funções mais ofensivas. Com o técnico Levir Culpi, ganhou moral e emendou uma sequência de quatro gols, quando chamou a atenção. Anotou gols contra Palmeiras, Figueirense, Flamengo e Internacional, todos pelo Brasileirão. Terminou 2014 sob os holofotes alvinegros e, com a saída de Tardelli, tem a esperança renovada para assumir a titularidade e atingir o status de ídolo do Atlético, o que tanto almeja na vida. Contudo, Dodô tende a ter a concorrência de nomes de peso no elenco atleticano, como Maicosuel e Jô – caso Lucas Pratto seja recuado –, além de Giovanni Augusto, que também busca seu espaço em 2015. Novo gás. No começo de dezembro de 2014, o Atlético confirmou a renovação contratual de Dodô, que assinou um novo vínculo com o Galo. A duração é até novembro de 2019. Por esse novo acordo, o meio-campista subiu sua multa rescisória para € 30 milhões (pouco mais de R$ 90 milhões) para transferência internacional.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave