Cargueiro com mais de 300 imigrantes ilegais é interceptado na Turquia

As autoridades turcas suspeitaram do cargueiro ao verificar um tráfego incomum de pequenos barcos pesqueiros cheios de cobertores e suprimentos de comida entre porto de Mersin (sul) e a embarcação, que estava ancorada em alto mar

iG Minas Gerais | AFP |

A Guarda Costeira turca inspecionOU no domingo à noite um cargueiro que transportava mais de 300 imigrantes ilegais, a maioria sírios, que viajavam para a Europa, de acordo com a agência oficial de notícias Anatolia.

O navio "Burçin", de 30 metros de comprimento e bandeira do Togo, estava indo para a Itália, de acordo com o governo local, citado pela agência.

As autoridades turcas suspeitaram do cargueiro ao verificar um tráfego incomum de pequenos barcos pesqueiros cheios de cobertores e suprimentos de comida entre porto de Mersin (sul) e a embarcação, que estava ancorada em alto mar.

Dois helicópteros da Guarda Costeira passaram a vigiar o cargueiro, que foi interceptado e rebocado para o porto de Mersin.

A bordo estavam 333 imigrantes e 15 traficantes, incluindo quatro de nacionalidade turca.

A Turquia é um importante eixo da imigração ilegal proveniente da Ásia, Oriente Médio e África para a Europa. Segundo as autoridades locais, 1.754 imigrantes ilegais foram presos no porto de Mersin em 2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave