"Preciso mostrar que posso substituí-lo", diz Michel Bastos sobre Kaká

Contratado há cinco meses pelo São Paulo, o jogador atuou tanto como meia como lateral-esquerdo, mas sempre disse que sua preferência é pelo meio de campo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Para Michel Bastos, o São Paulo tem condição de conquistar pelo menos um título nesta temporada
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Para Michel Bastos, o São Paulo tem condição de conquistar pelo menos um título nesta temporada

Na opinião de Michel Bastos, a transferência de Kaká ao Orlando City (EUA) "abre um espaço" para que ele brigue pela titularidade no meio-campo do São Paulo.

"Talvez as possibilidades sejam maiores. Sei que vou ter oportunidade, mas precisarei mostrar que posso estar no lugar dele", disse o jogador em entrevista coletiva nesta segunda-feira (19), no centro de treinamento da Barra Funda.

Contratado há cinco meses pelo clube tricolor, o jogador atuou tanto como meia como lateral-esquerdo, mas sempre disse que sua preferência é pelo meio-campo.

Após um começo de críticas devido a duas expulsões em jogos do São Paulo, Michel Bastos se tornou peça importante no time comandado por Muricy Ramalho.

"Fiquei feliz com o que fiz nos meus primeiros cinco meses aqui. Mas posso ajudar ainda mais", afirmou.

Otimista, o jogador acredita que a equipe do Morumbi inicia a temporada em vantagem por ter conseguido manter quase a mesma base do ano passado.

"Terminamos o Campeonato Brasileiro bem. O fato de manter esse grupo já nos deixa um pouco à frente dos outros times."

Depois da primeira folga desde que se reapresentaram, no dia 8 de janeiro, os jogadores voltaram ao trabalho nesta segunda, em um jogo treino contra o Nacional. Luis Fabiano marcou o único gol do confronto.

O São Paulo foi escalado com Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos; Denilson, Souza, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Alan Kardec e Luis Fabiano.

Na etapa complementar, Muricy colocou Denis (Renan Ribeiro); Hudson, Antonio Carlos, Alvaro Pereira e Reinaldo; Maicon, Thiago Mendes e Boschilia; Ewandro, Ademilson e Alexandre Pato.

Leia tudo sobre: michel bastossao paulokakasubistituto2015