Cruyff diz que é absurdo Cristiano Ronaldo ser eleito melhor do mundo

Holandês questionou a escolha do craque do Real, frisando que não leva o prêmio da Fifa a sério

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Cristiano Ronaldo é a esperança portuguesa para conquistar a primeira vitória
AP Photo/Bernat Armangue
Cristiano Ronaldo é a esperança portuguesa para conquistar a primeira vitória

O holandês Johan Cruyff fez duras críticas à escolha do português Cristiano Ronaldo como melhor jogador do mundo pelo segundo ano consecutivo. De acordo com o ex-jogador do Barcelona, a escolha foi um "absurdo" para um atleta que foi um "espectador" na Copa do Mundo. O atacante do Real Madrid foi premiado na última segunda-feira (12) após vencer o argentino Lionel Messi, do Barcelona, e o goleiro Neuer, do Bayern de Munique. "Para conseguir a Bola de Ouro, um jogador tem que estar no mais alto nível, tem que combinar qualidade individual e títulos. Desse ponto de vista, é um absurdo que, pelo segundo ano consecutivo, tenha sido dado o prêmio a um jogador que não jogou de forma excelente e nem venceu a maior parte dos títulos", afirmou Cruyff em sua coluna para o jornal "De Telegraaf". Para o holandês o alemão Toni Kroos, que não chegou entre os três finalistas, merecia mais o prêmio do que o português. "Em 2013, o Bayern de Munique ganhou tudo o que havia para ganhar, e ainda assim Cristiano Ronaldo venceu o prêmio ao invés de Toni Kroos ou qualquer outro jogador do Bayern. Em 2014, Kroos foi novamente determinante na seleção que ganhou o Mundial, e ainda assim não ficou entre os três finalistas. Ronaldo foi simplesmente um espectador no Mundial. Já não consigo levar esse prêmio a sério", disparou.

Leia tudo sobre: cristiano ronaldocruyfffifabola de ouromelhor do mundopremiocolunacriticafutebol